A ESPOSA APARECIDA

As aventuras do detetive Ted Rocky #10 Dia chuvoso. A barriga roncou tanto que assustou Pink, o ratinho cinzento que de vez em quando aparece e me faz companhia. Ele deve ter pensado que havia comida. Já o surpreendi outro dia levando alguns dos meus cream-crackers. Eu o perdoei, sou assim, não guardo rancor. Aliás,Continuar lendo “A ESPOSA APARECIDA”

As aventuras do detetive Ted Rocky #09

NATAL DE TED ROCKY Era final da manhã de véspera de Natal. Estava ouvindo “Jingle Bells” na voz de Michael Bublé naquela plataforma de vídeos gratuita, quando bateram na porta.  – Ted Rocky? – perguntou a mulher de meia idade com cabelos curtos e tatuagem de guitarra no braço. – Sim, aqui está Ted Rocky,Continuar lendo “As aventuras do detetive Ted Rocky #09”

As aventuras do detetive Ted Rocky #08

 TED ROCKY NA PINDAÍBA São tempos complicados. Pindaíba e Pandemia, um dueto agourento para os meus negócios. Os números de casos para investigar caíram vertiginosamente (e já não tinham índices tão altos em tempos normais). Já os casos da doença, ao contrário, aumentaram. Relação inversamente proporcional. As pessoas ficam em casa, assistindo séries em plataformasContinuar lendo “As aventuras do detetive Ted Rocky #08”

As aventuras do detetive Ted Rocky #07

TED ROCKY E A MEDALHA PERDIDA Ted Rocky, detetive particular, ex-pugilista, ex-baterista de banda hardcore melódico, ex-integrante do quadro de devedores do SERASA. Aleluia para esta última! Era uma manhã de inverno. Eu tinha quebrado o jejum com um pedaço de pizza de calabresa fria e um copo de guaraná sem gás. Eu havia pedidoContinuar lendo “As aventuras do detetive Ted Rocky #07”

As aventuras do detetive Ted Rocky #06

TED ROCKY E O CÃOPANHEIRO Era por volta do meio-dia. Havia feito um fake desjejum composto por um copo de água e dois biscoitos maizena, daquela marca do índio. Era possível ouvir um ronco de motor V8 no meu estômago. Decidi sair no meu horário de almoço. Mas não era para almoçar como presume oContinuar lendo “As aventuras do detetive Ted Rocky #06”

As aventuras do detetive Ted Rocky #05

QUE O QUATRO DE MAIO ESTEJA COM VOCÊ Ted Rocky detetive particular, ex-dançarino, ex-pugilista, herdeiro de um escritório de advocacia. O Sinval Advogados Associados. Vim de uma família abastada. Mas abri mão da carreira no Direito (nunca iniciei, na verdade, para tristeza de papai). E também abri mão da carreira na dança. Para a tristezaContinuar lendo “As aventuras do detetive Ted Rocky #05”

As aventuras do detetive Ted Rocky #04

O Marido Aparecido Dia chuvoso. A barriga roncou tanto que assustou Pink, o ratinho que de vez em quando aparece e me faz companhia. Ele deve ter pensado que havia comida. Já o surpreendi outro dia levando alguns dos meus cream-crackers. Eu o perdoei, sou assim, não guardo rancor. Aliás, ele é um bom ouvinte.Continuar lendo “As aventuras do detetive Ted Rocky #04”

As aventuras do detetive Ted Rocky #03

Bola Nossa Ted Rocky detetive particular, ex-dançarino, ex-pugilista, herdeiro de um escritório de advocacia. Vim de uma família abastada. Mas abri mão da carreira no Direito. E na dança. E da carreira no boxe. Eu possuía um caso de amor com a lona. Decidi o meu próprio caminho. A pindaíba de um detetive autônomo. GostoContinuar lendo “As aventuras do detetive Ted Rocky #03”

As aventuras do detetive Ted Rocky #02

O ponta desaparecido Havia acabado de voltar com um pacote de biscoito cream-cracker e um Toddynho para o almoço devido ao baixo orçamento, quando três rapazes entraram na sala. Levantei as mãos rapidamente por instinto pensando ser um assalto. Por sorte, não era. Os três rapazes estavam uniformizados, camisas brancas com uma listra transversal laranja.Continuar lendo “As aventuras do detetive Ted Rocky #02”

As aventuras do Detetive Ted Rocky #01

Ted Rocky e o estagiário Ted Rocky detetive particular, ex-pugilista, herdeiro de um escritório de advocacia. Vim de uma família abastada. Abri mão da carreira no Direito e decidi o meu próprio caminho. A pindaíba de um detetive autônomo. Gosto de aventuras. Já me acusaram de abestado. Não ligo. Herdei os olhos de minha mãeContinuar lendo “As aventuras do Detetive Ted Rocky #01”